Eu poderia citar os últimos filmes do Nicolas Cage, qualquer coisa do Ben Stiller ou até mesmo os filmes que me fizeram chorar… de ódio, mas não. Uma verdadeira roubada cinematográfica é aquela que você vai esperando algo extraordinário e se depara com uma bomba. Foi assim com “Homens em fúria”, longa protagonizado por ninguém menos que Robert de Niro e Edward Norton. O filme é bom até os 20 minutos iniciais quando somos apresentados ao personagem de Norton (que até se esforça no papel), mas depois disso torna-se monótono, sem sentido, chato mesmo, digno de um “Super Cine” da vida. Com um elenco desses fica difícil não ficar decepcionado com o resultado do filme.

* Pulei a categoria 12 do meme.

Tags: