Poucos diálogos, muita música. Pode-se dizer que a trilha sonora é a verdadeira protagonista de “Once – Apenas uma vez”. No filme, Glen Hansard interpreta um rapaz que sabe o que é sofrer de amores por alguém. Ele ajuda o pai numa assistência técnica de aspiradores de pó e nas horas livres ganha uns trocados tocando seu violão e cantando nas ruas de Dublin, Irlanda. Suas canções, que sempre trazem resquícios de uma antiga paixão, chamam a atenção de uma jovem que trabalha como vendedora de flores também no centro da cidade, interpretada por Marketa Irglova.

A paixão pela música coloca frente a frente esses dois talentosos jovens, que em pouco tempo já demonstram uma afinidade impressionante. O encontro dos dois no filme proporciona belos momentos como a canção “Falling Slowly”, que é apenas o início de uma bela parceria que se estende durante todo o filme. Clique no player abaixo e entenda porque a trilha de “Once” conquistou um espaço entre as minhas favoritas:

CURIOSIDADES

- As 10 canções que compõem o filme são de autoria de Glen Hansard.

- O projeto do filme nasceu em 2005, em um show da banda “The Frames” em Dublin. O diretor John Carney encomendou a Glen Hansard, líder da banda, a compor algumas canções para que, a partir delas, o roteiro fosse desenvolvido. Depois de diversos encontros entre os dois, o resultado foram em 10 canções inéditas e um roteiro de 60 páginas.

- As filmagens duraram apenas 17 dias.

- Filme vencedor do Oscar 2007 de Melhor canção original por “Falling Slowly”.

– Vencedor do Festival de Sundance de 2007 como melhor filme pelo público.
.

Tags: