Na Natureza Selvagem“Há um prazer na floresta sem trilhas;
Há um êxtase na margem deserta;
Há sociedade onde ninguém se intromete,
No mar profundo, e música no seu rugido;
Eu não amo o Homem menos, 
mas a natureza mais…” (Lord Byron)

“Na natureza Selvagem” conta a história real do jovem Christopher McCandless, que ao abandonar sua antiga vida de conforto e estabilidade junto a seus pais, decide viver como um andarilho tendo como objetivo chegar ao distante Alaska. A história ficou conhecida inicialmente graças a um artigo de Jon Krakauer publicado em 1993 na revista Outsider e transformado em um livro alguns anos mais tarde.

Após doar para a caridade os exatos US$ 24.500,68 que havia economizado na sua poupança universitária, Chris (Emile Hirsch) parte rumo a uma aventura repleta de personagens memoráveis e lições de vida que ele só poderia aprender fora da burocracia que domina a sociedade moderna. Caminhando e pedindo carona estrada a fora, Chris finalmente aprecia um novo mundo que já imaginava existir fora do convívio com os pais, mas não havia experimentado até então.

A fuga de Chris é colocada no filme como um novo nascimento, aliás a narrativa descreve bem os quatro momentos de sua aventura: 1- Nascimento 2 – Adolescência 3 – Maturidade e 4 – Família. “Na Natureza Selvagem” encanta não só pela sua bela fotografia recheada de paisagens naturais, o filme é repleto de citações literárias que alternam entre conteúdo político, social e contestador, além de colocar o personagem central tentando sobreviver fora do sistema convencional. O filme ainda conta com uma linda trilha sonora composta por Eddie Vedder (vocalista do Pearl Jam).

A relação que Chris estabelece com as pessoas que cruzam o seu caminho é emocionante, sobretudo o encontro com um casal hippie interpretado por Catherine Keener (Confiar) e Brian Dierker e uma rápida passagem pela casa de um senhor solitário interpretado por Hal Holbrook (Água para elefantes), indicado ao oscar de ator coadjuvante pelo papel. Além deles, a garota do momento em hollywood Kristen Stewart (The Runaways) faz uma rápida participação como a jovem que se apaixona por Chris durante a viagem.

A narrativa do filme não segue a ordem cronológica padrão, alternando entre os vários momentos da vida do protagonista. Em alguns momentos o próprio Chris narra a sua tragetória, sempre citando frases dos seus autores preferidos e em outros momentos a sua irmã (interpretada por Jena Malone) fala o que sentiu na época do seu desaparecimento. Uma história que merece ser contada no cinema, um convite para desfrutar dos encantos e perigos que a natureza proporciona a todos aqueles que ousam enfrentá-la em sua essência selvagem.

“Mais que amor, dinheiro, fé, fama, justiça, dê-me verdade.”
Thoreau –
citado por Chris

Tags: