Quem assitiu o primeiro capítulo da série “Jogos mortais” em 2004, contemplou uma evolução nos padrões dos filmes thrillers sangrentos. Com um roteiro criativo, armadilhas nunca vistas antes em filmes do gênero, soluções surpreendentes e narrativa bem conduzida, a franquia conquistou o respeito do público e alcançou um sucesso incrível de bilheteria. Recentemente os filmes da série entraram para o livro dos recordes (guiness) como a mais bem sucedida franquia da história do cinema depois de ter arrecadado um total de US$ 730 milhões desde o seu lançamento em 2004.

À partir daí, um filme novo vem sendo lançado a cada ano, chegando em 2010 finalmente em seu capítulo final entitulado “Jogos Mortais 7″ ou “Saw 3D” (devido a tecnologia ter sido utilizada nas gravações do filme). A história conta com os sobreviventes das armadilhas dos filmes anteriores que se unem para deter o serial-killer JigSaw e promete tirar o fôlego dos espectadores com o recorde de 11 armadilhas no total. Estão confirmados no elenco atores que já atuaram em outros filmes da saga, como Tobin Bell, Cary Elwes e Betsy Russell. Também estão no filme Gina Holden (“Alien vs. Predador 2″) e Chad Donella (“Lost”).
Jogos Mortais 3D tem tudo para marcar época também no formato 3D, já que outros filmes de suspense e terror nesse formato ainda não conseguiram surpreender (vide “Dia dos namorados macabro” e “Premunição 4″). Com o roteiro inventivo da saga e as armadilhas cada vez melhores, “Saw” pode provar que é possível sim tirar o espectador da cadeira (literalmente).

Tags: